quinta-feira, 29 de setembro de 2011

O Apanhador no Campo de Centeio



Prezados,

o próximo evento Psicologia em Prosa e Verso ocorrerá quarta-feira, 05/10

Livro a ser debatido: O Apanhador no Campo de Centeio, de J. D. Salinger

Horário: 17h

Local: Sala 311, UFCSPA (Sarmento Leite, 245)

Nessa ocasião, o evento contará com a presença do médico psiquiatra e psicanalista Celso Gutfreind.



Celso Gutfreind é membro da Sociedade Brasileira de Psicanálise de Porto Alegre, especialista em Psiquiatria da Infândia e da Adolescência pela Universidade Paris V, Doutor em Psicologia Clínica pela Universidade Paris XIII e Pós-Doutor em Psiquiatria da Infância e Adolescência perla Universidade Paris VI, com pesquisa sobre a utilização terapêutica do conto.

Foi candidato a Patrono da Feira do Livro de Porto Alegre e é autor de livros como "Narrar, Ser Mãe, Ser Pai" e "As Duas Análises de uma Fobia em um Menino de 5 anos: O Pequeno Hans"

A inscrição pode ser feita pelo e-mail psicoemprosaeverso@gmail.com ou no local.

O pagamento de R$5,00 poderá ser realizado no dia do evento.


Um comentário:

Fanzine Episódio Cultural disse...

O PRIMEIRO CONTATO
Certa vez, na ânsia de concluir um trabalho escolar, cercado de publicações dos mais variados autores e temas, e sem saber por onde começar despertei-me com um clique da minha esferográfica.
Eis que, como um “Deja Vu”, deparei-me com um antigo livro de contos em péssimas condições. O papel amarelado pelo tempo, perfurado por traças, empoeirado e suas páginas mal cheirosas.

A tinta usada em sua impressão ainda mantinha um bom contraste, o que o tornava legível.

Então, no volver furtivo e detalhado de cada página, eu descobri algo novo: textos envolventes com assuntos, embora de séculos atrás, tão atuais e familiares que passavam não só a mim, mas a quem quer que os lesse (leiam) uma profunda intimidade com o autor.

Agora eu já podia empunhar aquela, cujo clique não mais soava irritante, mas frugal.

Tudo era simples, evidente e claro. Eu não precisava mais daquela pilha de publicações, pois tudo estava ali, em cada cor, som, ou lembrança. Daquela ponta esferográfica, as palavras fluíram com naturalidade e deitavam em cada pauta com a suavidade de uma pétala que pousava sobre a relva.

Eu compunha com mais idéias, indeterminado, mais livre. Não havia motivo para se preocupar com “Lapsus Linguae”... Sim era minha primeira crônica. Agora eu sabia que poderia escrever sobre qualquer coisa.

*Cassius Barra Mansa é cronista machadense

Lapus Linguae = erros de linguagem
ATRAÇÃO DOS MOLEKES

(pagode com malícia mineira)

Influenciados pelo, Exalta Samba, Revelação, o grupo se apresentou pela primeira vez em 2006 na Praça Antônio Carlos (Machado-MG), durante as comemorações do 7 de setembro.. No mesmo mês, eles abriram o show do Face Racial no salão da Dismabe, evento organizado pelo DJ Brown. O próximo passo será a gravação do primeiro CD com 12 músicas, entre elas (É hora de curti) Contatos: João ou Diogo (35) 3295-4031 (Machado-MG).

Blog: http://atracaodosmolekes.blogspot.com/